/*------------------- 2015 Blogger Theme by Bruna Borges - © 2013 (HTTP://ENDSTONIGHT.TUMBLR.COM/) Não se inspire ou Copie. Base: Minina ------------------------ */ Read more: http://ashprincesskawaii.blogspot.com/#ixzz3llKufD91

11 setembro 2015

Dicas Para Aprender um Novo Idioma Sozinho



De uns tempos para cá, alguns amigos meus passaram a me perguntar de onde vem tanta disponibilidade para aprender novos idiomas. Não sei se é assim para todo mundo que deseja aprender outra língua, mas para mim é porque gosto de me sentir conectada com novas culturas. Quando descubro mais sobre um lugar, meio que naturalmente começo a me envolver com as pessoas e, consequentemente com a língua. Sempre fui muito conectada com essas coisas e o primeiro idioma que tentei aprender foi o espanhol. Não durou muito tempo e acabei me dedicando ao inglês, e aos 14 anos, mais ou menos, passei a tentar aprender o japonês. Este ano, aos 16, comecei a me dedicar ao coreano. É um pouco difícil de explicar, mas me divirto bastante sempre que meu vocabulário aumenta e me sinto um passo mais próxima do país em si. Nunca frequentei (nem pretendo) um escola de idiomas e tudo o que aprendi foi na base do estudo que tive sozinha. Não gosto do método de ensino oferecido por escolas de idioma e sinto que aprendo melhor sozinha, mas acredito que isso mude de pessoa para pessoa e talvez você só esteja aqui por que não quer pagar ou não pode pagar por uma. Então vamos as dicas de como você pode buscar a fluência em qualquer língua, seja ela inglês, coreano ou javanês.




1- Sites de Ensino de Idioma


Os sites de idioma ajudam bastante na parte da gramática e regras de idioma. As línguas funcionam de forma diferente e é importante ter algum auxiliar para aprender essa parte chatinha de todo idioma. Abaixo, estão alguns sites que eu recomendo por uso próprio:


Memrise: É meu site favorito atualmente; é bem legal porque você consegue acessar lições criadas por outros usuários, criar suas próprias lições, adicionar amigos e criar grupos de estudo. Realmente recomendo pela diversidade de línguas e pelo sistema de planejamento de aprendizado com pontos.

Livemocha: Foi o primeiro site que eu acessei para tentar aprender um idioma (isso mesmo, na época do espanhol). Naquela vez, ele era um pouquinho diferente, mas ainda está muito bom e até melhor, com uma plataforma mais dinâmica e atividades interessantes para prática de pronúncia e gramática.

Busuu: O Busuu foi o segundo site que eu descobri e honestamente, gostei bastante. Assim como os anteriores, eu o recomendo bastante. Embora não tenha tantas línguas disponíveis, ele é um ótimo recurso para quem quer aprender sozinho.


2- Ouça tantas músicas e assista tantos filmes quanto puder


Você já deve ter ouvido isso em muitos lugares, mas na minha opinião, o melhor jeito de se introduzir em um idioma (estando em casa) é assistindo filmes e ouvindo músicas na língua em questão. Não tem um jeito mais simples para se introduzir na cultura do local e de treinar a sua pronúncia enquanto assiste. Se você gosta de inglês, assista séries, se gosta de japonês, animes, se gosta de coreano, doramas e por aí vai. Não tenha medo de tentar, ouça seus atores falando e tente imitar não só a pronúncia, mas o jeito de falar e imite a forma como ele movimente a boca também. Isso ajuda mais do que você imagina!
Ouça músicas, leia a letra e a tradução e tente cantar junto. Podo ser frustrante no começo, mas com o tempo você vai conseguir. E se precisar, anote em um papel a forma como é falado. Com isso você une duas coisas essências: o aprendizado e o entretenimento. Quando você associa o aprendizado a sentimentos, isso facilita a sua memória, o que é ótimo!



3- Aumente seu vocabulário tanto quanto for possível!


Tente aprender e memorizar 10 novas palavras todos os dias e pratique-as sempre que for possível! Se você aprende 10 palavras todos os dias, durante um ano terá aprendido 3650 palavras! E, dependendo do idioma, sabendo de 3000 a 4000 palavras, você já é considerado fluente. Por isso, é importante ter dedicação e muita, muita vontade. O quanto você aprende está diretamente relacionado a quanto tempo você se dedica aprendendo. Anote cada palavra que aprender, anote seu significado e não só isso, mas também suas aplicações. Afinal, você já deve saber que a mesma palavra pode significar diversas coisas dependendo do contexto em que é aplicada.


4- Crie planos de estudo!



De nada adianta praticar 5 minutos em um dia e voltar a praticar somente uma semana depois. Por isso, é importantíssimo se programar e estudar todos os dias, sempre que for possível. É claro que existem dias em que você simplesmente não terá disponibilidade para estudar, mas não use isso como desculpe, compense esse tempo perdido no dia seguinte! Tente estudar no mínimo 15 minutos diariamente. Se puder, prolongue este período, mas não pratique durante muito tempo de forma seguida, se dê um descanso para que seu cérebro tenha tempo de processar toda a informação nova.


5- Leia nessa língua



Assim como assistir filmes e ouvir músicas te ajudam, ler também é importante. Não foque demais em só uma dessas coisas, lembre-se de praticar todas elas! É bem fácil encontrar textos em inglês na internet, mas para algumas outras línguas isso pode ser um tanto difícil. Para isso, existem sites como o Universia Livros, onde você encontra livros estrangeiros. Siga a lista abaixo, para ajudá-lo:

Livros em francês: Dicas neste Blog (procure pelos livros)
Livros em espanhol: Área Libros (site em espanhol)
Livros em japonês: Japonês Dake
Livros em coreano: Kosnet (e books) 
Livros em alemão: Readers Planet (site em alemão)
Livros em russo: Livros Online
Livros em inglês: Universia Livros



6- Freelang

O Freelang é um site onde você encontra diversos dicionários online. Além disso, você pode fazer pequenas traduções com pessoas reais, ou seja, a tradução vai ser muito superior àquela feita no Google Tradutor, por exemplo.



7- Saia da sua zona de conforto 



Se "obrigue" a praticar o idioma saindo de sua zona de conforto. Mude o idioma dos seus aparelhos eletrônicos (celular, computador, etc) e se esforce para aprender o que cada coisinha significa. No começo é bem difícil, mas com o tempo você verá que isso te ajuda a se introduzir no idioma. 



                        


Enfim, pratique, pratique, pratique e divirta-se. Não torne isso algo chato, impraticável. No começo pode parecer complicado, mas acaba se tornando um hábito. Para o próximo post, vou mostrar uma dica de DIY de como criar seu próprio dicionário com coisas que você tem em casa e como ele vai ajudar você a aprender uma nova língua. Você não perde por esperar!

4 comentários :

  1. Também estou tentando aprender coreano sózinha :p Amei os sites que você passou <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo? Boa sorte Juuh! Vamos aprender se Deus quiser, haha Que bom que gostou, obrigada pelo comentário!^^

      Excluir
    2. Moça você poderia me passar algumas apostilas de coreano? :C Não acho em lugar nenhum

      Excluir
    3. Opa, desculpa a demora primeiramente, haha. Vou tentar fazer um post especialmente para sua pergunta. Vou tentar pegar a minha pasta com apostilas coreanas e colocar para download. Assim, posso já responder a dúvida de outra pessoa também. Vou tentar fazer assim que possível!

      Excluir

Atenção!
Fique à vontade para comentar e expressar a sua opinião, desde que seu comentário:
-não ofenda nenhum usuário;
-não contenha flood, spam ou palavrões.